Eu vi a janela antes de gritar

No futuro, o amor e a liberdade serão como num filme

Novas sensações ruminam

Onde é a última estação quando

se há a possibilidade de reiniciar

todos os dias…

Te vejo, perto, mesmo longe

O inverno de nossas amarguras

agora se transforma em verão glorioso, graças ao sol dele.

E as nuvens negras se

desmancharam

no fundo do oceano…

Soluçando.

Indo dormir.

(E vendo o caminho…)

(Nunca mais acordei igual a antes de sonhar.)

Igor Florim