Hoje eu sonhei com um coreto lindo numa cidade muito feliz.

Sempre aos sábados a orquestra da cidade se apresentava em cima do coreto e depois todos comemoravam e bebiam em festa na praça. Quase todos moravam bem perto e estavam praticamente em cima do seu quintal público e à ceu aberto na cidade.

Tinham os que levavam seus cachorros pra passear enquanto fumavam um cigarro e outros que adoravam andar com amigos pela cidade iluminada enquanto cantarolam os lançamentos dos musicais locais e falam de coisas do mundo.

Nas esquinas o governo deixava galpões e espaços com um administrador local que recebia as ideias e possibilidades que chegavam até lá e trabalhava em conjunto pra tudo acontecer. Gente de qualquer país do mundo podia contribuir com esses espaços.

E assim a cidade não parava

A cidade, era todo lugar

E naquela cidade tanta coisa acontecia, que as pessoas nem falavam mais no passar do tempo pois tudo o que havia de ser, tinha muita força e sempre se concretizava.

Foi onde tudo aconteceu

E ainda era sábado a noite

O tempo anda enganando a gente

Mas ninguém nunca se perdeu por lá.

Igor Florim