É lindo ver todo mundo se arrumar

A melhor roupa

O melhor perfume

Todos temos nossas coisas favoritas

O tempo passa depressa

Correndo para um encontro que é muito além do que uma festa

A galera vai se reunir nessa noite

Vamos juntos reiniciar outro ano

E nos despedir de tudo o que passou

Meu peito parece que floresce

Muita energia branca saindo daqui de dentro

É lindo pensar muito em alguma coisa e de repente ver aquilo acontecendo

Quase como idealizar o futuro

E decidir o que virá

Eu pensei muito sobre essa próxima década

Quando chegamos na chácara da festa, abracei todo mundo

Lentamente

Sugaram a minha energia

E eu repus com muita rapidez

Não perco tempo

Esse lugar é um recanto

Fui vibrando poderes para o ano que estava por vir e…

Virou

A década virou

Todos gritam

É tempo de festas! O reinício promete grandes acontecimentos

E simples assim tudo já havia recomeçado

Entrei no banheiro, fiz o que tinha pra fazer e quando estava lavando as mãos olhei fixamente para o espelho

Eu tenho muito orgulho de ti

Ninguém sabe, mas tu conseguiu

Você chegou até aqui

E sobre todas as profundezas que tu enterrou, hoje só resta o que aprendi dentro dos buracos

Tampando pra que ninguém mais caia lá dentro

Ainda vejo os meus olhos nessa reflexo

Eu sou tudo isso

Mesmo que durante tantas quedas, não enxergava nada

Tudo triste

Morto

Buraco escuro

Desacredito sobre quanto tempo passou

Abri a porta

Inacreditavelmente muitas outras coisas já haviam se transformado

Exatamente como eu sonhei

Iria em frente mesmo que muito mais além, afinal eu não esperava tudo tão rápido

Sempre serei esses sonhos todos

Que um dia acontecem

Mas eu não paro até esse dia chegar… e mesmo que não chegue nunca, continuarei acreditando no que está por vir

São os meus sonhos

É a fé que eu sou

A que move montanhas

Ao longe eu vi meus amigos correndo

Eles estão felizes

Meus olhos brilharam

Minha garganta deu um nó

E sorrindo, fui atrás deles

Nós corremos aqui no alto

Saltando

Gargalhando

Os céus estão anunciando a novidade dos novos tempos: todos são livres

O mundo é o lugar mais lindo de todos

Essa vida imensa

As pessoas correndo

Nunca pensam em estagnar

Sentei na grama e continuei olhando para eles

Os meus amigos

Aos poucos eles pararam e a gente deitava bem perto

Admirando o céu

Todos fazem suas orações agora

Nós estamos prontos

Começamos a rir disso tudo

Eu preciso repetir: nós estamos vivos

Sai gritando e correndo – Estamos vivos!

Durante tanto tempo eu só me enterrei em morte

Sem ar, no fundo dos buracos

Escondido com multidões em meu peito

Prendendo a reação de todos que eu guardava em mim

Deixando de viver

É inacreditável a vida

Meu peito agora é uma luz

Não há nada tão forte que eu sinto quanto a gratidão de chegar até aqui

Eu não desisti

Nunca pensei nisso, na mais pura verdade

Mas depois dessa noite, repetimos o festejo diariamente

Era o nosso tempo de viver

O ano correu tanto, que novamente eu estava em frente ao banheiro, indo tomar banho e me arrumar para outra virada anual

A década estava à todo vapor

E é assim que eu gosto

Há muito pra fazer então, festejemos o dobro, pois é assim que tudo flui

Não há mais muito o que dizer

No agora – no tempo agora, tudo simplesmente é

Nada atrasado ou procrastinado

Tudo já aconteceu

Não falta coisa alguma

Querem que eu me apresse para a cerimônia, me avisaram que o tempo acelerou

Então, que eu acelere junto

Quando notaram era eu chegando

Trouxe um presente pra cada um

Uma frase

Que eu falei olhando em cada par de olhos na minha frente

Tudo único e muito pensado

Neste próximo ano eu quero oferecer minha casa para todos eles

Cabe muita gente lá

É muito grande só para minha família

Não precisamos disso

Abrigamos uma porção de amigos

No ano seguinte, depois da virada, eles começaram a ampliar a casa

Dizem que querem um prédio

Quem sou eu para negar esse tipo de construção?

O alicerce é de concreto

Completamente sólido

Apto para ampliar

Espero que o coração os auxilie para novos convites

Mas tragam quem tiver que vir!!!

No próximo ano, ampliaram mais ainda a nossa casa

Ela é imensa agora

Cabe realmente muita gente

Agradeci um por um e questionei sobre o passar do tempo… mas ninguém sabia o que estava acontecendo

Resolvi não lutar contra a maré

O tempo voava

Então deixei que passe o que tiver que passar

E a revolução foi realizada

Não há mais palavras para dizer onde viemos parar

Tudo se transformou

O mundo agora é outra coisa

Eu fico me perguntando o que teria acontecido comigo se eu não tivesse permitido essa revolução florescer

Não sei responder esse tipo de coisa mas… eu vim parar muito longe

Aqui nesse lugar, é o futuro quem reina

Ele estrutura tudo

Derruba contos antigos

Enterra velhos buracos

Empilha novos muros

Aloja novas famílias

E a vida não para

Nunca mais.

Igor Florim