Eu não sei se vocês já se mudaram de cidade

A noite começa a cair e tu fica procurando novas pistas do que fazer em seguida, como se nunca tivesse lidado com esse tipo de escuridão antes

Era uma crise

Numa dessas vezes eu atravessei a cidade na expectativa de encontrar novos corpos, todos exatamente iguais a mim

O frio de dentro dos trens

As pessoas amontoadas se esquentando

E quando tudo termina, lidar com a cidade é sua única sina. Talvez o frio me leve até o meu destino quando eu mesmo não sei o que vim fazer aqui

E tu chega

Te vejo pela terceira vez na minha vida. Existem coisas que jamais esqueceremos… e que também nos custa entender os significados. Eu sou um cara isolado, sei disso. Mas foram as atitudes que adotei para estar sempre em proteção, desde jovem

E isso não é fugir

Não tenho medo algum – eu me conheço muito bem

Ruas que nunca vi. Esquinas aleatórias. Lembro das vezes em que eu andava assim por Laranjeiras que hoje já me é tão familiar. Mas Osasco era ainda um lugar novo

Cada passo me lembrava quem eu sou e a minha constante atenção que me guia e protege

No nosso primeiro encontro tu só ria olhando para mim, se dizia desacreditado de estar comigo e que tudo em nós era parecido mesmo sendo essa a primeira aproximação dos nossos corpos

Me espanta a profundidade dos seus olhos e o quanto você já me conhece

Mas agora tudo já é outra coisa

Você não diz muito

Acho que se preocupou com algo

Jantamos no meio do caminho e ele fez questão de pagar o jantar retribuindo o último almoço no Tatuapé

Confesso que talvez seja um orgulho meu mas me incomoda quando pagam algo para mim

Porém contigo soa como um amigo que faz algo como se fosse pra ele próprio. Portanto, acho que devo aprender coisas novas e permitir que essa dança aconteça

E tu começa com seus poemas

Já vejo seu semblante mudar. Achei que você estava triste mas não. Era apenas a sua leve timidez

Sua casa é linda

Finalmente começo a me esquentar

Só haveria nós em casa e tu evidencia isso para eu me sentir bem. Então vou direto para o sofá, essa noite gelou tudo em mim

Essa sala com tantos tecidos… tapetes quentinhos, almofadas empilhadas…

Por que tu me olha desse jeito?

Onde quer chegar com isso?

Logo eu, que sou tão bom em interpretações cênicas mas a tua é como um mistério. Tu vem como um felino para cima de mim e eu calculando seus movimentos, decifrando seus gestos

E se tu é o tigre que é, já sabia desde o início que eu também sou

Essa será a nossa dança

Ele voltou a rir quando me olha

Tu sabe que pode desabafar qualquer coisa comigo, não é?

Eu amo as suas músicas

Sempre me apresente novas canções

Já entendi onde você quer chegar

Se levantou sorrindo

Puxou a minha mão pra eu levantar junto

E começou essa dança

Eu tenho medo de romances. Tu sabe um pouco do que eu já passei. Mas aqui estou entregue como há muitos anos não estive. Tudo está bem quente colado em ti

Esse ritmo

A música de fundo

E voltamos pro sofá. Acho que nós dois hoje não estamos na nossa melhor performance, não é?

Não sei em você, mas em mim há uma sensação estranha desde quando eu saí da minha casa

Há um vazio forte aqui dentro

E você… fale comigo. Deixa eu te ajudar um pouco

Tu se deita no meu peito, fecha os olhos e começa a falar

Oh meu lindo. Se eu soubesse disso tudo teria mudado meus sentimentos forçadamente só pra te encontrar com muita vida e te trazer a renovação que tu merece

Mas acho que o nosso aprendizado da noite era exatamente lidar com isso tudo desse jeito, sem saber muito bem como agir

Eu vou ficar por aqui quanto tempo for preciso, tá bem? É o que eu quero fazer

Naqueles últimos minutos ele me contou que estava sozinho de agora em diante. Foi um acidente terrível. Passou dias e três encontros sem me dizer nada. A minha garganta deu um nó… eu só pensava na minha família como se ele fosse eu e eu ficasse sem ninguém, exatamente como ele ficou

Sabe, sei que nos conhecemos a pouco tempo…

Mas tu aceita me ter de agora em diante?

Eu sou um cara diferente

Só acredite em mim… se tu diz que gosta da minha companhia, quem sou para exitar em cuidar de ti? Você é tão forte, tão lúcido… passou por tanta coisa. A gente falou durante nosso jantar que acreditávamos que não existe coincidência, então, este é o lugar que devo estar

O trajeto que eu fiz…

Tudo o que eu vim pensando…

Meus sinceros sentimentos sobre a perda que você passou. A sua família sempre estará nos céus cuidando de ti e tenha certeza que o que eles não poderão mais fazer, eu farei

Ele me olhou sorrindo

Chorava muito

Tu é um dos caras mais fortes que eu já conheci e mesmo que me diga que eu só vejo em ti o que também há em mim, nunca diminua esse seu mérito, ele é todo seu, é o ser evoluído que você é

Peço desculpas pela insensibilidade que eu possa ter e sei que tenho… juro que quero aprender

Nos levantamos para finalmente dançar

Tu sorria

Estava leve

A vida começara naquele instante. Esse tigre… é da minha família, embora não lembrávamos disso

Todos selvagens

E agora livres neste planeta

Que nossa ritualística nunca termine. Pisando nesses tapetes, dançando essas canções

Vamos superar isso juntos. Faz parte de quem eu sou. Obrigado por me escolher para esse momento, você não está sozinho

Bailamos muito

E no meio da madrugada fomos explorar Osasco. Ele é louco e eu sou mais… era disso que a gente precisava. Voltamos em segurança, nos divertimos, arrumamos coisas da casa e fomos dormir

Que a gente renasça ao acordar

Seus olhos são lindos

Já os vi em outros mundos

E agora vejo aqui.

Igor Florim