Eu reconheço que o tempo passou

Por vezes relutante, gritando para que eu impeça ou faça alguma coisa importante com esse escoar das horas, dos dias, das semanas

Mas diante da minha autocrítica muitas vezes nada fiz

Porém olhando por outros olhos, fiz o mundo inteiro acontecer

Criei essa civilização humana inteira com minhas mãos

E fiz a terra girar

Talvez seja este o meu combustível

Um constante inquietar com o tempo que passa

Outrora são os minutos que me afligem

E nessas, quem grita sou eu:

Corra

Flua

Me leve junto para o futuro

Não há nada mais forte que o tempo que vem em seguida

Aquela coisa que nomeiam futurista

Porém compreendo que minha alma é velha e tem um passado para contar história

Embora o tempo nem sempre vai passar

Existe um lugar, no meio dos dois, do que passa e do que já passou

Esse é o recanto do tempo do agora

Onde tudo estaciona

Parece até que se vive diferente quando nele escolhemos ficar

Sem a expectativa de que tudo passe

Ou sem implorar para que tudo volte

É o tempo do momento atual

Um constante trilho

Sem exitar

Sem correr

Sem descarrilhar

Tudo no mais brilhante e cômodo lugar

É quando se resolve a vida

Quando a vida muda por inteiro por você estar conectado

É a conexão com o tempo presente

Só o agora tem esse poder

Transformar tudo

Afinal quando no passado eu escolho viver, parece que tudo me atrapalha

Fico pensando nas pessoas

E em como elas passaram por mim, lá atrás

Juro que não é por maldade porém por vezes eu gostaria de bater na porta delas e dizer

Ei!

Tu não pode fazer isso com alguém

Seja eu ou outra pessoa

Passar desse jeito

Brincar com quem fica no passado

É direito seu partir

Mas tu é eternamente responsável por quem interage

Para em seguida seguir seu rumo para sempre

Embora superei todas essas entidades que passaram por mim

E sobre as vezes em que eu criei todo o meu futuro

Via detalhes contemporâneos

Resgates ancestrais

E tudo acontecendo exatamente como eu escolhi

Mas com uma dor no meu peito. Afinal, por mais bruto que alguém possa ser em bruxarias, sempre há um preço, um custo

E com certeza não sabemos exatamente o que queremos para o que vem em seguida

O futuro

Mas já no tempo agora, nada disso importa

Tudo se materializa na sua frente, sem ansiedades, sem expectativas

Tudo é um presente divino

Acontecendo exatamente agora

São as escolhas que nós fazemos

Pense bem antes de suas magias utilizar

O tempo é uma mágica por si só

E ele não precisa que você dite coisa alguma

Seu mais nobre desejo, é que tu apenas contemple

E viva o momento atual

Nele já está tudo dito

Foi assim que eu decidi nunca mais olhar pra trás

Embora confesso, minha dificuldade está em não olhar muito para a frente

Pois eu sou sagitariano, compreenda

E é claro que estou criando constantemente o que está por vir

Pois um pouco, inevitavelmente sempre estaremos fazendo esse tipo de coisa

A nossa vida é uma criação

Então faça

Mude

Sinta

Antes que o tempo passe por inteiro

E essas escolhas não sirvam mais para ti

Pois o tempo sim, apenas ele tem esse poder

E tu apenas brincará com o relógio

Crianças bruxas

É o que somos

Manuseando o fluxo

Idealizando o tempo

Mas ele não precisa de nada disso, ele apenas já é tudo o que se pode ser

Portanto surfe essa onda

E viva o seu próprio tempo.

Igor Florim