Há dias em que nenhuma refeição é o bastante

O consumo do meu corpo é muito superior

Exalando

Digerindo

Passei os últimos dias num completo luto

Tu não imagina a transformação que isso me trouxe

Exorcizei

Matando

Cortei o mau pela raiz

É isso que eu mais amo na vida

A eterna fluência dos dias

Surpresas constantes

Desafios iminentes

E essa eterna renovação

Foi este o meu luto

E essa noite me oferecerá um novo início

Eu amo recomeços

Tive a vida inteira para me preparar

Então estou pronto

Todos os dias que vivo, estou pronto

Não perderei mais minuto algum perdido no que não seja execução

Quero agir

Executar missões próprias

Dar o próximo passo

Ser uma revolução

E isso é tão urgente que em breve darei o seguinte passo depois deste

E eternamente assim

Sempre em frente

Enfrentando velhos dragões

Rugindo feito um tigre

Dominando minhas forças

Conhecendo o que sou

Foi no escuro que eu consegui enxergar

Foi aqui que me encontrei

No mais absoluto breu

Sozinho

Primeiro aceitei a escuridão do mundo ao meu redor

Fechei os olhos

E tudo estava lá

Tempos depois quando a luz apareceu, eu já era luminoso

Um ser vivo incandescente de luz própria

Todos tem uma luz

E escolhem diariamente apaga-la

Comecei vendo todos os detalhes, todos os móveis, todas as paredes e objetos da casa

Tudo claro como o dia

Sem sombras de dúvidas

A escuridão se foi

Sobrou como sempre, você

Tu

Solo

Individual

Aceite

Recomece

E use sua luminosidade própria para iluminar muito além da sua casa

Saia para a rua

Conheça o mundo

Canse de se apagar todos os dias

Ilumine.

Igor Florim