Pisando no mar e muito feliz por saber que ainda hoje irei te encontrar

Aquela brisa toda que vem da praia

Meu amor, sinta esse cheiro. Acho que tem alguém fumando um aqui por perto

E eu falando isso soo como qualquer um com preconceito, que não entende a causa alheia do vizinho

Sinta só esse fumo

O cheiro do capeta

E minha resposta para ti foi bem clara: O que tu bebe te mata mas desse fumo ninguém nunca morreu antes

Olha o tamanho do vão que a desinformação constrói

Buraco fundo

Um dia você foi o meu herói

É tão bom crescer e ter alguém para ver, se espelhar, inspirar

Mas meu paraíso não foi você

Somos tão idênticos pela pele mas por dentro sou tão outro

E você tão você

Talvez tenha sido ruim crescer sem ninguém por perto para me inspirar

Alguém igual a mim

Talvez não há

Só lembro bem de algumas broncas quando me diziam que o certo era ser igual você

Mas esses que me repreendiam esqueceram de aprender que o certo, é ser o que se é

A areia da praia tá sempre gelada no final da tarde

Vou andando descalço, sentindo a brisa do mar e dos cigarros ilegais que ofendem o seu nariz

Querem-me assim, índigo

E olhe bem para o adulto que me tornei

Feridas abertas

E em cima delas irei ferir mais ainda

Desconstruir o que é só ruína há tanto tempo

Meu bem, quando você partir entenda que as diferenças estão no que os teus olhos veem

O problema não está no outro

Eu sempre vi o quanto somos iguais pela pele idêntica que temos

E sobre as diferenças… são afrodisíacos, meu amor

E noto elas em ti como as mais belas estranhezas diante do que eu sou

Mas nem por isso desamor

Note o motivo da desconstrução

Se eu não morresse durante anos para hoje viver e te dizer isso, quem mais diria?

Tu que quase não me ouve

Imagina só alguém de um sangue diferente do nosso

A praia está linda. Nada estragou a beleza dela. Não notei coisa alguma que destoasse disso

Essas fumaças são aromas pra mim

Já que só noto felicidades em quem a fuma

E além do mais, foda-se o outro

Eu só cuido da minha vida

A do outro está muito bem, obrigado

Olhe para eles felizes sentados na praia

Aposto que não estão se importando conosco

Essa é a liberdade que sou, a que ofereço para o outro

A praia estava linda. É só isso que eu notei.

Igor Florim